25/04/2009

O amor através do espelho

Não podemos vê-lo. Abstrato. Presente. Não ausente, às vezes, mas escondido. Algo que nada tem a ver com o ser, mas com o estar. O que não é para sempre, mas está para sempre conosco. Os sentimentos nos compõem. Nada seríamos sem eles. Não seriamos impulsivos. A linguagem da alma que é transcrita para exteriorizar, mostrar àquele ou àquela. Morremos,com ou sem aspas,por amor.
Ele, por outro lado, provoca metamorfose. Cadê o meu eu? Está ali; aqui. Perdeu-se. Quando viaja, deixa a sensação de confusão. Não falar sobre ele, mas com ele. Ninguém sabe o que é. Não, você não sabe, apenas sente sua presença. Há vários tipos de amor? Amor de pai, amor de mãe; irmãos; marido e mulher? Um modo apenas, amar e só. Criamos as condições. Queremos as pessoas como queremos os objetos expostos em vitrines. Não as deixamos ir, pois as julgamos nossas. Não são. Choramos ao imaginarmos que o amor acabou. O amor não é como perfume; são, assim, as pessoas. Lamenta? Eu não. Somos desconhecidos, ainda que nos conheçamos há anos.
Há um fim para que haja um novo início. Se quiser dizer algo, diga. Espere se quiser perder. Perder e não perder; fingir que perdeu ou que abandonou. Ainda está lá, aquela pessoa, no subconsciente. Não, não enforcamos as pessoas com as cordas da vida. Variamos porque enjoamos. Hoje amizade; amanhã ódio. Olhando uns para os outros, nos veríamos se não fôssemos como um retrovisor de um carro que, às vezes, não capta determinada imagem e ocorre acidente. Felizmente, acidente, para alguns; Maldito, para outros.
Não procurar semelhança no outro. Procurar e encontrar os acertos impossíveis para nós. O mais diferente possível. Completar as lacunas e não ser incompetente ao pensar que rock só combina com rock. Ver no outro sua imagem invertida. Não tentar prever uma ação correspondente à sua. Filantropia, se preferir, o que vemos através do espelho.

9 comentários:

  1. Aaaaahhh o amor é lindooo! ^^
    Felizes os que amam e são amados!
    Obrigada Brendinhaa! Gostei do texto!
    Vc sempre usa uma pitadinha de pimenta... hihihihihi

    Bjãoo!

    ResponderExcluir
  2. Simplesmente me emocionei... tocando no ponto fraco da realidade e de nossos corações também.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Você é muito talentosa Brendinha. Por isso acho que seu futuro será brilhante. Parabéns. Beijos.

    Teacher Sérgio

    ResponderExcluir
  5. Esse é o seu melhor texto até agora,é também o mais profundo.Adorei!!!Você realmente conseguiu mostrar o que é o amor.Continue escrevendo o que você sente!

    ResponderExcluir
  6. Meniina, nesse ela tava inspirada, em todos os sentidos e duplamente orientada tbm, pra escrever tão bem assim, e sobre o amor, hummmmmmmm já entendi tudo. shauhsuahusha brincadeira amiga, tá D+ teu texto, mto bom msm, adorei!!!

    ResponderExcluir
  7. parabens linda cada um + lindo d q o outro
    falar sobre amor e cm vc mesmo ne ? rsrsrsrsrssrssssss

    parabens vc emociona qualquer um

    bjsssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  8. Que lindoo!!!!
    Adorei esse texto...meu segundo preferido..ou será o terceiro?..hum...heaheha..
    adoro os teus textos..!!!

    heheh

    ResponderExcluir
  9. Menino de 10 anos!20 de janeiro de 2010 10:04

    OS seus textos são muito bons! Só que existem materiais mixturados, como poesia, entre outras coisas! E tb vc podia encurtar mais um pouco, vc deveria resumir a parte principal!
    Mas estou criticando somente o texto, pq o texto em si toca no coração!
    Parabéns!
    Mas tb acho que vc deveria incluir no seu blog mais coisas, não só textos!

    ResponderExcluir